Pinned toot

É importante lembrar a todos, de tempos em tempos, que as conversas em nossas redes sociais não são tão privadas quanto gostaríamos.

Empresas como Facebook (detentora da rede social com o mesmo nome, do WhatsApp, Instagram e outras franquias mais) não apenas lêem tudo que foi conversado em particular, cada comentário cada postagem, como passam a maior parte do tempo estudando o que se pode saber sobre o passado, presente e futuro de cada usuário com avançados métodos de análise.
É este dossiê sobre os usuários de suas plataformas que dão a empresa seu valor bilionário de mercado.

Quanto a alternativas livres, como se comunicar por ferramentas de código-aberto ou de livre estruturação e associação, não é uma certeza de que seus dados estão trafegando ou sendo armazenados de maneira segura.

Hoje existem centenas de grandes empresas especializadas em arrancar, mastigar, digerir e vender as informações pessoais que trafegam entre um ponto e outro da rede; empresas especializadas literalmente no grampeio da informação.
Estas copiam tudo que trafega por suas vias corrompidas e aplicam o que podem das mesmas ferramentas que utiliza o Facebook: IAs, algorítmos e seres humanos ativamente lendo e analizando “toneladas” de dados.

Por que isto importa?

É fundamental que tenhamos a consciência de que por trás de um mundo ordenado, existem diversas batálias cruéis sendo travadas.
Mesmo quem anda pelado pela rua e fala o que lhe passa na cabeça publicamente e sem filtros (é o equivalente ao que muitos fazem na Rede) deveria se preocupar com a violação de sua privacidade:

A medida que as pessoas voluntariamente (ou sem saber) abrem a mão de sua privacidade, acabam expondo aquelas que necessitam dela para trabalhar.

Investigadores, pesquisadores, empresários, agentes de segurança, médicos, advogados, jornalistas, psicólogos e muitos profissionais precisam de comunicações seguras para corretamente exercerem seus ofícios.

Quando a vasta maioria da população abre mão da segurança de sua vida íntima, aqueles que prezam ou precisam de privacidade são expostos.
O uso que fazem de tecnologias seguras, por ser tão pouco usual, chama a atenção para quem analisar o fluxo de informações na Rede.
Isto pode comprometer as operações de inúmeros tipos de investigações.

Imagine, por exemplo, ser um investigador da Corregedoria da Policia, desses que tem que investigar o Escritório do Crime ou o Gabinete do Ódio. Imagine ter que investigar um presidente ou um juíz.
Isto em um país que já assistiu, em plena Democracia, assassinatos políticos seguidos de queima de arquivos - assassinatos dos investigadores, legistas, advogados e juizes do caso.

Em 2013, quando foram escancaradas as práticas da Vigilância Global por parte das agências de inteligência da Commonwealth, foi exposto que o Brasil era o maior alvo de espionagem empresarial e estratégica:
As vidas de empresários e funcionários públicos de áreas estratégicas como o Ministério de Minas e Energia estava (e ainda deve estar) sendo ativamente vasculhada.
Orgãos de inteligência governamentais de outras nações contribuem ativamente com o setor privado de seus países para conquistarem uma competitividade econômica desleal.

Agora, se 99,9% da população fizer uso de tecnologias invasivas, fica difícil para qualquer empresa, organização, orgão ou agente se comunicar por outros meios.
Estes ficariam completamente isolados!
Estão, por muitas vezes, encontram-se na situação desfavorável de estarem sendo espionados, porém não terem alternativas práticas.

Conclusão

Saia do Fêice, Insta, Whats, etc e busque alternativas. Esteja consciênte que se você não se importa com funcionários de empresas internacionais tendo livre acesso aos seus nudes, você pode estar comprometendo a privacidade de quem se importa.
Chame teus colegas virtuais e físicos para este debate. Lembrem-se que o mundo é composto de pessoas com prioridades e valorea diversos, e devemos defender a coexistência destes (ou: o mundo não funcionaria com 7 bilhões de cópias suas).
Faça uso de alternativas, busque novas, diversifique e tenha orgulho disto!

Gratidão por terem lido até aqui.

Pinned toot

Uma pequena estrela azulada está visível da minha janela. Somente ela, em um céu acizentado, levemente avermelhado, está visível neste momento.

Talvez, em algum lugar, quando estrelas ficam visíveis assim, alguma criança avisa a mãe:
- Mae, mae, uma estrela!
E talvez uma estrela mereça, mesmo, que deviemos nossa atençao da monotonia dos afazeres domésticos.

Quando pequeno, lembro de ver o céu preto.
Sempre tentava identificar se o céu era preto mesmo, ou algum tom de "azul profundo".

Par la suite, je me suis perdu sur les internets 😭😭 … humm oué crowdsourcing iR.

Show thread

Je découvre, par accident, qu’il existe des bases de données iR (signaux infrarouges pour tout type de télécommandes).

Connaissez-vous une base de données libre dans ce sens ?

Capture dans le pouet suivant …

I'm creating embedded Linux distribution from scratch that fits on a single floppy (1MB at the moment), runs latest kernel and can boot on a 486DX PC.

More info soon with an easy to understand tutorial!

#Linux #Embedded #FDD

📢 NUEVO artículo en mi blog 🎶

Comenzando con #GNU Screen

victorhckinthefreeworld.com/20

Veamos lo básico del multiplexador de la terminal GNU Screen

SCI-HUB NEEDS YOUR HELP!

Do you have a few dozen gigabytes of free diskspace and a machine that can seed it via #bittorrent?

You can help save an unbelievable trough of scientific knowledge from disappearing behind the elites' paywalls!

reddit.com/r/DataHoarder/comme

phillm.net/torrent-health-fron

Spread the word and seed till you bleed – for the betterment of humanity!

Et voilà donc un nouveau palier de franchi. La barre des 40 000 est dépassée et le livre passe donc à 120 pages ! Youpi !
Je profite de cette occasion pour vous révéler le titre de cet album, sous forme de petit rébus ! 🙃

En attendant, pour précommander le livre (et les précédents), c'est toujours par ici...
▶️ fr.ulule.com/macronie4/ 📖📚 😘

Anarchist Library: **Hakim Bey - Evil Eye**

"Author: Hakim BeyTitle: Evil EyeSource: Retrieved on 17th May 2021 from hermetic.com The Evil Eye – mal occhio – truly exists, & modern western culture has so deeply repressed all knowledge of it that its effects overwhelm us – & are mistaken for something else entirely. Thus it is free to operate unchecked, c…"

theanarchistlibrary.org/librar

#anarchism #bot

“Nas noites de Brasília,
Na maior mordomia,
Todos os gastos são pardos.”

El próximo miércoles 19, a las 20 hrs, conversatorio del Grupo Solenopsis, en el lanzamiento de su fanzine sobre vigilancia y capitalismo, con
@cdisonancia

Show more
Qoto Mastodon

QOTO: Question Others to Teach Ourselves. A STEM-oriented instance.

An inclusive free speech instance.
All cultures and opinions welcome.
Explicit hate speech and harassment strictly forbidden.
We federate with all servers: we don't block any servers.